Homem sentado pensando Photo by Radu Florin on Unsplash

Alguma vez você já parou e se fez alguma dessas perguntas?

O que você quer fazer no futuro?

O que você busca em uma empresa?

O que você almeja ser, profissionalmente?

Qual é seu maior sonho?

Estas são só algumas das perguntas que você deveria se fazer todas as manhãs. Se você já faz, responda elas e crie o seu master plan para alcançar esse resultado.

Porque estou trazendo esse tema hoje? Isso surgiu de uma conversa com alguns amigos onde estávamos divagando sobre o que as empresas de tecnologia tem feito e o que não tem feito no mercado, com relação a profissionais. Por que existem tantas vagas, em tantas empresas, que não conseguem ser preenchidas?

Vamos debater um pouco sobre o assunto.

O que um profissional busca?

Esta é uma pergunta bem interessante, pois a resposta dela vai ser diferente para cada pessoa que responder.

O que te falta para chegar onde você quer chegar?

Alguns vão dizer que todos buscam salários melhores, o que, de um todo, não é uma mentira; Sempre buscamos salários melhores, pois no geral, sempre estamos evoluindo profissionalmente. Também sempre temos contas para pagar, contas que inflacionam e crescem a cada mês, e nada mais justo que o salários também inflacionassem e crescessem (utopia).

Algumas pessoas buscam ser reconhecidos como bons profissionais, serem vistos como referências na área que atuam. Seja dentro de suas empresas, ou na comunidade open source.

Cada pessoa busca uma coisa diferente, cada um tem suas metas pessoais, profissionais. A vida é assim.

Buscando suas metas

Se eu lhe perguntasse hoje: O que te impede de concluir as suas metas? ou O que te falta para chegar onde você quer chegar? Você saberia responder?

A grande maioria talvez não conseguiria sitetizar esta resposta de uma forma objetiva, e isso é normal, pois em grande parte das vezes, não é uma ou outra coisa que nos impede de chegar onde queremos, mas sim um somatório de variávies que acabam se transformando em algo tão grande que acabamos ficando com medo de encará-las.

O que podemos fazer quanto a isso?

TL;DR; Dividir para conquistar.

Primeiro precisamos classificar cada um desses itens, que chamarei de contra-tempos. O que é mais importante? Qual é o que pesa mais? Qual te afeta mais? Após essa “classificação”, fica um pouco mais fácil ver o cenário e planejar como resolver cada um desse contra-tempos.

Vamos pensar em alguns possíveis itens que provavelmente aparecerão na sua lista:

  • Salário;
  • Reconhecimento;
  • Participação em decisões tecnológicas;
  • Valorização;
  • Benefícios;
  • Diminuir o tempo de deslocamento;
  • Trabalho remoto;

O que fazer?

Cada problema pode ser resolvido de inúmeras formas. O que não pode acontecer é você se acomodar e achar que não tem solução. Não existe uma receita de bolo, infelizmente.

Sempre busque o melhor para você, se preocupe primeiro com você mesmo e depois com o resto. Se você não fizer isso, ninguém o fará.

Até mais e obrigado pelos peixes.